FANDOM


O Sistema de arrefecimento é o sistema que controla a temperatura do motor a explosão de um automóvel. Nos automóveis mais antigos existia somente a preocupação de se dissipar o calor gerado pelo motor, mas nos atuais devido ao gerenciamento eletrônico do motor qualquer mudança na sua temperatura é alterado a quantidade de combustível injetado e o ponto de ignição. Portanto quando o sistema de arrefecimento trabalha na temperatura ideal o motor terá maior durabilidade, menor desgaste e atrito, maior economia de combustível, menos manutenção, emitirá menos poluentes e aumetara seu desempenho.


componentesEditar

  • Líquido de arrefecimento: uma mistura de água e aditivo (coolant). Sua função é efetuar a troca de calor, ele ganha calor quando passa pelo motor a explosão e perde calor ao passar no radiador.
  • Bomba: Bombeia o líquido de arrefecimento fazendo circular no sistema, geralmente é acionada pela correia junto com o alternador.
  • Radiador (Automóvel): Quando o líquido de arrefecimento passar por ele perde calor, baixando a sua temperatura e consequentemente a do motor.
  • Válvula termostática: Bloqueia ou desvia o ciclo do líquido, para não passar pelo radiador enquanto o motor não estiver há temperatura de trabalho. Quando o motor estiver na sua temperatura de trabalho a válvula se abre permitindo a passagem do líquido para o radiador. A válvula termostática antiga possue acionamento mecânico e em alguns automóveis já estão sendo fabricados com válvula termostática elétrica controlada pela central de injeção eletrônica.
  • Sistema de passagem de ar forçado: Utilizado para forçar a passagem de ar pelo radiador quando o automóvel estiver em baixa velocidade. O mais antigo é uma hélice acoplada a bomba que gira em uma rotação proporcional a do motor, nos mais modernos é utilizado um eletro-ventilador (motor elétrico com uma hélice) e em caminhões é utilizado o mesmo sistema antigo com uma embreagem (denominada Visgo) entre a hélice e a bomba que diminui a velocidade da hélice com temperaturas menores.
  • Mangueiras: Fazem as conexões entre os componentes do sistema.
  • Sensor de temperatura: Informa a temperatura do líquido de arrefecimento do motor para o módulo de injeção eletrônica e/ou indicadores de temperatura.
  • Tanque de Expansão: Contém o bocal de abastecimento do líquido de arrefecimento e permite o controle do nível do sistema.
  • Tampa do tanque de expansão: Contém válvulas que permite o controle de pressão do sistema
  • Termo-interruptor:É responsável (nos sistemas que o possuem) pelo acionamento do eletro-ventilador em função da temperatura do líquido de arrefecimento . Existe sistemas de arrefecimento em que a unidade de controle do motor recebe as informações do(s) sensor(es) de temperatura e controlam diretamente o(s) eletro-ventilador(es) , sem a necessidade do termo-interruptor .
  • Válvula termostática: Controla o fluxo do líquido de arrefecimento em função da temperatura . Em alguns motores , pode existir mais de uma válvula termostática , pela necessidade de mais de 2 fluxos diferentes para o líquido de arrefecimento (ex:Tecnologia FSI) .

FuncionamentoEditar

A bomba força a circulação do líquido de arrefecimento pelo sistema . Enquanto o líquido de arrefecimento não atinge a sua temperatura normal de funcionamento , a válvula termostática impede seu fluxo para o radiador . Quando a temperatura do líquido de arrefecimento atingir a sua faixa definida como normal , parte do fluxo será direcionada pela válvula termostática , para o radiador . Quando a temperatura se aproximar do limite máximo , todo o fluxo do líquido de arrefecimento será direcionado pela válvula termostática , para o radiador .

Quando a temperatura do líquido de arrefecimento aumenta , o seu volume e a pressão também aumentam . As válvulas localizadas na tampa do reservatório de expansão são responsáveis pelo controle da pressão do sistema . O objetivo do sistema é operar sob pressão é aumentar o ponto de ebulição evitando danos ao motor .

Manutenção do Sistema de arrefecimento Editar

Com o objetivo de minimizar a ação corrosão e outros agentes que prejudicam o bom funcionamento do sistema, devemos efetuar a verificação do sistema de arrefecimento de acordo com as instruções do fabricante .

Devemos ressaltar a importância da correta proporção de aditivo na água que irá variar de acordo com a aplicação do veículo . Consulte a fabricante , que pode informá-lo das proporções corretas para cada modelo e tipo de aplicação.

  • Verificação da mangueiras Para a verificação das mangueiras devemos iniciar pela inspeção visual do sistema , quem consiste em verificar se não há ressecametos e deformações . Após essa verificação devemos aplicar através de uma bomba manual de teste de sistema de arrefecimento a pressão de trabalho do sistema , para identificar possíveis vazamentos
  • Verificação da tampa reservatório do sistema de arrefecimento

1- Instalar a tampa do reservatório no analisador do sistema de arrefecimento do motor com adaptador . 2- Mergulhar o conjunto num recipiente com água , tomando cuidado para nao molhar o manômetro. 3- Acionar a bomba manual com movimentos lentos , de forma que a pressão suba progressivamente até saírem bolhas de ar pelo orifício do adaptador. 4- Nesse instante verificar a pressão indicada no manômetro.

  • Valores de referência : A abertura da válvula de sobrepressão pode variar de 1,4 a 1,6 bar até 1,6 a 1,8 bar . Consulte sempre o fabricante , para adquirir informações específicas a um determinado modelo.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória